Um pouquinho sobre o meu Belo Horizonte.

Por - Categoria: Dicas e informações sobre viagens., Viagens Nacionais, Viagens pelo Brasil.

Como chegar em Belo Horizonte a partir das outras capitais.

de ônibus: Belo Horizonte recebe ônibus da maioria das cidades brasileiras. A principal rodoviária situa-se no Centro da cidade. Chegando lá pode pegar um táxi ou ônibus para qualquer destino na cidade.
A Estação de Integração José Cândido da Silveira, situada no bairro São Gabriel, irá receber os usuários com destino ao Nordeste, Espírito Santo, Belém, Brasília, Campos dos Goytacazes (RJ) e São João da Barra (RJ).

Horários de ônibus.

de avião: O aeroporto internacional fica a aproximadamente 42 Km do centro (50 minutos). Quem chega no Aeroporto de Confins tem a opção de pegar um táxi até a cidade, que custa em média 100, ou pegar o ônibus executivo chamado Conexão Aeroporto, que custa 27 reais e te deixa no Bairro de Lourdes, perto do Centro, em 50 minutos. Já o ônibus convencional te deixa na rodoviária – essa não é uma linha expressa, vai parando no caminho e, por isso, é mais demorada.
Tem também o aeroporto da Pampulha mas só opera pequenos aviões e somente algumas companhias.

O que fazer em BH.

Oficialmente, Belo Horizonte é conhecida como a Capital Mundial dos Botecos. É a capital onde se concentra o maior número de bares, restaurantes e botecos per capita do Brasil. No 3º sábado do mês de maio é comemorado o Dia Municipal dos Botecos.

Se Minas não tem mar, nois vai pro Bar!!!”

1) Região da Pampulha

Igreja Sao Francisco de Assis por bhuai.com.br

guiabh.com.br

Ao redor da lagoa da Pampulha reúne o mais belo conjunto arquitetônico da capital mineira. Por lá estão as três primeiras obras assinadas pelo mestre Oscar Niemeyer, projetadas na década de 40: Museu de Arte da Pampulha, instalado no prédio onde funcionava um cassino; Casa do Baile, um espaço para exposições que, inicialmente, abrigaria um restaurante e um salão de festas; e a igreja de São Francisco de Assis, principal cartão-postal da cidade, ornamentada por 14 painéis de azulejo de autoria de Cândido Portinari retratando a Via Sacra. Todo o espaço é contornado por jardins criados por Burle Marx. Não deixe de tirar fotos neste local.

neliorodrigues.com.br

Vista aerea da Casa do Baile por neliorodrigues.com.br

2) Praça da Liberdade.

Praça da Liberdade por belohorizonte.mg.gov.br

Praça da Liberdade por belohorizonte.mg.gov.br

Passeando pela praça e arredores você entra no túnel do tempo, pois os jardins são inspirados no Palácio de Versailles, inclusive, com fonte e coreto que lembram Paris. Os prédios nos arredores remetem ainda aos anos 1920 e 1960. A praça também é um ponto de encontro de jovens e de famílias nos finais de semana, quando atletas também aproveitam para correr e caminhar. Para descansar, nada como tomar uma bebida gelada nos bares da região que ficam lotados. Com as energias recarregadas, aproveite para conhecer o coração de Belo Horizonte. Um ótimo lugar para ir é o Parque Municipal, que reúne orquídeas, lagos e jardins, além de ficar próximo ao Palácio das Artes, que pode ser explorado se você ficar mais tempo na cidade – mas que pode ser visto rapidamente se você está de passagem rápida pela capital mineira.

3) Turismo de ônibus.

Uma boa opção para curtir as atrações é embarcar na Linha Turismo Centro-Sul, que liga em uma só rota os principais trajetos realizados pelos turistas. A viagem é feita em ônibus executivos equipados com ar condicionado, internet wi-fi, televisão de bordo, janelas amplas, maleiro para pequenas bagagens e elevador universal. Os pontos turísticos contemplados pela Linha Turismo nos dias úteis são: Praça da Estação, Museu de Artes e Ofícios, Centro Cultural UFMG, Parque Municipal, Palácio das Artes, Conservatório UFMG, Igreja Nossa Senhora da Boa Viagem, Centro de Cultura Belo Horizonte, Centro de Referência da Moda, Museu Inimá de Paula, Museu Mineiro, Basílica Nossa Senhora de Lourdes, Circuito Cultural Praça da Liberdade, Praça da Savassi, Shopping Pátio Savassi, Museu das Telecomunicações, Museu Histórico Abílio Barreto, Shopping Diamond Mall, Mercado Central e Minascentro. Aos sábados, domingos e feriados, o itinerário inclui a Praça do Papa, o Parque da Serra do Curral, o Parque das Mangabeiras e a Rua do Amendoim.

4) Mercado Central

globo.com

globo.com

Artesanato do Mercado Central por www.oquesefaz.com

Mercado Central por tripadvisor

No Mercado Central você encontra de tudo: artesanato, moda, frutas, queijos, cachaças, doces, bares e até animais. O mais legal é que esse não é um lugar “para turista ver”. É onde os belo-horizontinos vão fazer compras e comer. Aproveite para comer o verdadeiro queijo mineiro, provar a cachaça da região, e não deixe de experimentar o famoso figado acebolado.
E, ainda, conversando com os comerciantes você pode aprender um pouco sobre o sotaque e as palavras utilizadas diariamente pelo povo local. De noite, se tiver tempo, deixe para fazer o tradicional tour pelos botecos.

O Mercado fica no centro da cidade, aberto de segunda a sábado de 7h às 18h e no domingo de 7h às 13h.

ENDEREÇO:
Av. Augusto de Lima, 744
Centro – CEP: 30190-922
Belo Horizonte – MG – Brasil

tripadvisor

tripadvisor

5) Mineirão e Mineirinho

Mineirão e Mineirinho por guiabh.com.br

Mineirão e Mineirinho por guiabh.com.br

Inaugurado em 1965, o Mineirão é o principal palco onde acontece os jogos entre Atlético Mineiro e Cruzeiro. Além de poder comprar lembranças nas lojas do estádio, você pode parar para comer algo em um dos 60 bares e restaurantes, além de poder visitar o Museu Brasileiro do Futebol. E se a sua viagem inclui um final de semana, provavelmente você poderá assistir a um clássico  jogo de Atlético ou Cruzeiro no maior estádio de Minas Gerais. Do lado do estádio, fica o ginásio Mineirinho, sede de grandes partidas de esportes como vôlei e basquete.

6) Serra da Moeda

Serra da Moeda - Topo do Mundo por Flavia Ribeiro

Serra da Moeda – Topo do Mundo por Flavia Ribeiro

Serra da Moeda – localizada a pouco mais de 30 quilômetros do centro. Esse é um dos principais cartões postais formado por natureza da capital mineira. Com certeza o visual que você tem lá de cima vai valer o passeio.

7) Parque da Mangabeiras

Parque das Mangabeiras por portalpbh.pbh.gov.br

Parque das Mangabeiras por portalpbh.pbh.gov.br

Localizado aos arredores da Serra do Curral uma enorme área verde com vistas maravilhosas da cidade. Lá você ainda pode fazer trilhas e tirar muitas fotos dos lagos e cachoeiras que estão espalhados por todo o local, que frequentemente recebe espetáculos musicais e artísticos. Datas comemorativas como o dia das crianças sempre tem eventos que vale a pena conferir.

8) Zoológico de Belo Horizonte

Possui mais de 220 espécies de animais. O zoológico mais bonito que já visitei! Uma vez por mês acontecem visitas noturnas guiadas, que começam no fim da tarde.

9) Parque Municipal

Parque Municipal por guiabh.com.br

Parque Municipal por guiabh.com.br

Localizado no coração da capital, reunindo orquidário, jardins, lago e o Palácio das Artes, um dos mais importantes espaços culturais.

10) Praça do Papa

Depois da visita do Papa João Paulo II em 1980, a Praça Israel Pinheiro mudou de nome em homenagem ao Papa. Ele celebrou uma missa neste local e disse ” que Belo Horizonte!”

11) Rua do Amendoim

Na Rua Professor Otávio Coelho Magalhães , a popular Rua do Amendoim, um carro desligado parece subir a ladeira.
Diz o folclore local que o lugar é um depósito subterrâneo de minérios imantados. Mas não querendo estragar a brincadeira, basta prestar atenção para a topografia da região. O que parece ser uma subida na verdade é uma descida. O que causa a impressão errada? Pura ilusão de óptica!
Depois que você testar, conte-nos como foi!
1)Pare o veículo junto à calçada. Desligue o motor e tire o pé do freio.
2)Lentamente, o carro começa a avançar como se estivesse subindo a rua sozinho.
3)Na verdade ele não está subindo, mas descendo um declive imperceptível a olho nu.

12) Inhotim

Inhotim.org.br

Inhotim.org.br

O Instituto Inhotim é a sede de um dos mais importantes acervos de arte contemporânea do Brasil é considerado o maior centro de arte ao ar livre da América Latina. Está localizado a 60km de Belo Horizonte, na cidade de Brumadinho.

Surgiu em 2004 para abrigar a coleção de Bernardo Paz, um empresário da área de mineração e siderurgia. Aberto ao público desde 2006 em dias regulares sem necessidade de agendamento prévio.

As exposicoes são sempre renovadas e galerias são anualmente inauguradas.

Aberto de 3a a domingo e aos feriados. Oferece visitas temáticas com monitores, além de visitas educativas para grupos escolares, que devem agendar previamente. Às 4ª  feiras a entrada é gratuita

Inhotim por Ricardo Freire

Em um lugarejo próximo a Inhotim, chamado Córrego do Feijão, tem um restaurante aconchegante e uma comida mineira de dar água na boca, o Casa Velha. Os proprietários, Fernando e Suely, estão sempre  atendendo sua clientela com a hospitalidade incrível do bom mineiro!!! Vale a pena conferir!

13) Feira de Arte e Artesanato

Feira de Artesanato por otempo.com.br

Feira de Artesanato por otempo.com.br

Foi fundada em 1969 e tornou-se a maior feira da América Latina de Céu Aberto. Acontece todo domingo em Belo Horizonte., na Av.Afonso Pena, região central da cidade.

Um dos maiores atrativos da feira é o preço dos produtos oferecidos nas milhares  (são mais de 2500) de barracas expostas. Além de um setor com barracas de alimentação.

Em meados de 1969, a Feira de Artesanato era conhecida como Feira Hippie, onde apenas grupos de artistas plásticos expunham e vendiam seus produtos. No início,era na Praça da Liberdade, mas com o aumento do número de comerciantes foi transferida em 1991 para a Av. Afonso Pena.

opções para compras: calçados, vestuário, bolsas, bijuterias, cintos, calçados, enxoval para bebês, artigos para casa, entre outros.

14) Onde comer em Belo Horizonte.

Os melhores restaurantes de comida mineira segundo o Guia BH,

  1. Rancho Fundo
  2. Xico da Kafua
  3. Xapuri
  4. Maria das Tranças
  5. Recanto Verde
  6. Paladino
  7. Faz de Conta
  8. Dona Lucinha
  9. Dona Conceição
  10. Requinte das Gerais

Nao posso deixar de mencionar no meu restaurante preferido quando vou a BH, o Surubim na Brasa, comida deliciosa! O carro chefe é o surubim na brasa, mas tudo o que já comi estava impecável! O bolinho de bacalhau é uma delicia!

o endereço que sempre vou é o da Rua São Romão, nº176, no bairro São Pedro.

Foto: www.destemperados.com.br

Foto: www.destemperados.com.br

 

Consulte aqui uma relação de restaurantes em ordem alfabética e classificação por estrelas do Guia BH.

E aqui a relação dos melhores bares de Belo Horizonte.

15) Serra do Cipó

Mapa Serra do Cipo por serradocipoexperiente.blogspot.com

Mapa Serra do Cipo por serradocipoexperiente.blogspot.com

Localizada a 90km de Belo Horizonte, logo depois da cidade de Lagoa Santa. Além de cachoeiras, grutas e trilhas, a região abriga diversas pousadas perfeitas para os adeptos dos esportes de aventura como rapel, ciclismo, alpinismo, trekking e rafting.

Serra do Cipo por revistaviag.com.br

Serra do Cipo por revistaviag.com.br

16) Grutas

foto beaga4you.com.br

foto beaga4you.com.br

As principais grutas são:

  1. Gruta de Maquiné localizada em Cordisburgo.
  2. Gruta da Lapinha  localizada no município de Lagoa Santa.
  3. Gruta Rei do Mato localizada no município de Sete Lagoas.

Veja as informações de cada gruta acessando aqui no Guia BH.

Fonte de informações: http://www.soubh.com.br

                                          http://m.guiabh.com.br

                                          http://www.mg.abrasel.com.br

Compartilhe: